Menu
Busca quarta, 23 de junho de 2021

Jornalista afirma ter visto jogadores do 7 voltando da farra antes de jogo

Jornalista afirma ter visto jogadores do 7 voltando da farra antes de jogo

17 abril 2012 - 18h17Por Dourados Informa
Uma revelação publicada na manhã desta terça-feira (17) pelo jornalista Waldemar Gonçalves Russo, no espaço “VC Repórter” – área destinada exclusivamente para comentários de leitores - da Gazeta MS, tem gerado discussão e ainda vai dar muito que falar, pois pode ter influenciado na eliminação do Sete de Dourados no Campeonato Estadual.

Na nota o assessor de imprensa do time douradense, divulgou que alguns jogadores teriam ido a uma festa na noite de sexta-feira (13), e retornado somente na madrugada do dia seguinte, minutos antes do embarque da delegação que iria para Chapadão do Sul enfrentar a Serc no domingo.

“É lamentável, mas alguns atletas foram vistos na madrugada de sábado em um pagode na cidade. Sabedores que o embarque para Chapadão do Sul seria às 5 horas da madrugada de sábado, eles deveriam sim, estar concentrados e não na farra, lamentável isso”, dizia a publicação.

De acordo com Russo, entre os que foram vistos “violando” as regras da concentração estava Tardelli, artilheiro da competição e que não marcou em nenhum dos dois jogos das quartas-de-final, tendo atuação apagada no confronto decisivo, vencido pelos anfitriões por 3 a 0.

“Quando estava no aguardo do embarque da delegação na república dos atletas, presenciei às 5h15, a chegada em um taxi, do atacante Tardelli e de outro atleta que não pude ver quem era, pois ainda estava escuro”, disse o jornalista lembrando que os diretores deverão se manifestar.

“Acredito que a diretoria do clube, mesmo estando desclassificado do Estadual, deverá tomar alguma providência neste sentido, pois estes atletas traíram a confiança dela e principalmente do técnico Amarildo de Carvalho e também de Claudinho”.

Por sua vez o presidente da equipe, Benjamin Barbosa, foi procurado pela reportagem, mas disse que no momento não vai se manifestar. “Este fato me pegou de surpresa e ainda não estou bem informado sobre o que aconteceu. Assim que souber o que realmente houve, irei dar meu parecer”, explicou Barbosa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
BATAGUASSU
Polícia Civil realiza orientações e verificações preventivas em parceria com PRF
CORONAVÍRUS
Sistema de Regulação aponta que de 10 internados em UTI em Campo Grande, 8 são do próprio município
COSTA RICA
Polícia Civil prende em flagrante traficante de drogas pela quarta vez em menos de 2 anos