Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Justiça mantém frase 'Deus seja louvado' nas notas de real

Justiça mantém frase 'Deus seja louvado' nas notas de real

01 dezembro 2012 - 11h00
Midiamax

A Justiça negou um pedido do Ministério Público Federal de São Paulo e decidiu manter nas cédulas de real a inscrição "Deus seja louvado".

Na decisão, o juiz diz que não lhe parece ser "um direcionamento estatal na vida do indivíduo que o obrigue a adotar ou não determinada crença, assim como também não são os feriados religiosos e outras tantas manifestações aceitas neste sentido, como o nome de cidades".

A decisão é da 7ª Vara Federal Cível e é provisória, podendo ser revogada ou modificada. No começo de novembro, a Procuradoria Regional dos Direitos do Cidadão (PRDC) em São Paulo pediu à Justiça Federal que determinasse a retirada da expressão das notas. Um dos principais argumentos da ação era o de que o Estado brasileiro é laico e, portanto, deveria estar completamente desvinculado de qualquer manifestação religiosa.

O juiz contra argumentou dizendo que "não foi consultada nenhuma instituição laica ou religiosa não cristã que manifestasse indignação perante as inscrições da cédula e não há notícia de nenhuma outra representação perante o Ministério Público neste sentido". Para a Justiça, "alegação de afronta à liberdade religiosa não veio acompanhada de dados concretos, colhidos junto à sociedade, que denotassem um incômodo com a expressão 'Deus' no papel-moeda".

Logo que o pedido foi divulgado, o Ministério da Fazenda informou à procuradoria que a inclusão da expressão religiosa nas cédulas aconteceu em 1986, por determinação do então presidente, José Sarney. Mais tarde, em 1994, com o Plano Real, a frase foi mantida pelo ministro da Fazenda, Fernando Henrique Cardoso. "Eu acho que é uma falta do que fazer porque na realidade precisamos cada vez mais ter a consciência da nossa gratidão a Deus por tudo o que fez por todos nós humanos e criação do universo, de maneira que não podemos jamais perder o dado espiritual. Tenho pena do homem que na face da Terra não acredita em Deus", declarou Sarney à época.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular