Menu
Busca sábado, 31 de julho de 2021

Mano não foi avisado por gremista que recusou seleção

26 setembro 2011 - 17h50
Mano não foi avisado por gremista que recusou seleção

Folha.com

A notícia sobre a negativa do lateral gremista Mário Fernandes à seleção foi recebida por Mano Menezes apenas por meio da imprensa.

Até o início da tarde desta segunda-feira, nem o jogador nem seu estafe entraram em contato com o técnico da seleção para avisar que ele não viajaria para Belém, onde o Brasil enfrenta a Argentina nesta quarta-feira.

O CASO

Mário Fernandes, 21, não vai se juntar ao grupo do técnico Mano Menezes para a final do chamado Superclássico das Américas, nesta quarta-feira, contra a Argentina, em Belém. O jogador do Grêmio tinha voo marcado para as 5h30 desta segunda, mas não apareceu no aeroporto gaúcho.

"Ele não quer ir para a seleção. O momento dele, acha que não é ideal... É uma coisa muito particular, uma decisão dele. Simplesmente acha que não é a hora. Não deu motivo, quer seguir a vida dele no Grêmio", disse o agente do atleta, Jorge Machado.

E completou: "Tentamos de tudo, mas não conseguimos mudar a ideia dele. Mostramos que pode ser ruim para ele no futuro.... Ele não muda ideia. É um cara muito inteligente, consciente. Está tranquilo".

Ainda segundo Machado, Mário deve falar com a imprensa somente nesta terça-feira. "Ele quer seguir a vida dele, não é nada contra o Mano [Menezes], contra ninguém...".

Perguntado se a situação teria alguma relação com eventual boicote à CBF, como já se chegou a especular no Rio Grande do Sul, o empresário negou.

"Ele não é idealista, nada... É um cara caseiro, na dele, não gosta de mudar de ambiente. Está vivendo um casamento maravilhoso no Grêmio. Não está querendo ir. Vamos respeitar e vamos preservar aqui".

SUMIÇO

Em março de 2009, Mário Fernandes ficou quatro dias desaparecido, sem apresentar justificativas para a direção gremista, chegando a existir uma investigação policial.

Depois de ter sido visto no aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, e em um banco de Florianópolis, ele foi encontrado em São Paulo.

Em abril do ano passado, o presidente do Grêmio, Duda Kroeff, afirmou que a Inter de Milão estava interessada em contratar o jogador.

"Não sei de onde saiu isso [que a transferência definida]. Que a Inter quer o jogador, não é segredo. Já mandou observadores em mais de um jogo. E o Marco Branca, dirigente da Inter, tem me ligado dizendo que estuda o melhor momento de fazer a proposta", falou o dirigente.

A Inter estaria disposta a pagar 12 milhões de euros (cerca de R$ 28 milhões) pelo atleta. Mas só metade dessa quantia ficaria com o clube tricolor brasileiro.



Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Drone, drogas e celulares são apreendidos pelo DOF momentos antes de chegarem aos internos da PED
SAÚDE
Covid longa: pacientes 'recuperados' podem ter problemas de raciocínio e memória, aponta pesquisa
SANEAMENTO
Para garantir água tratada a moradores, Governo do Estado investe em poços nos distritos de MS
ESPORTES
Brasil vence Egito e vai à semifinal do futebol masculino olímpico