Menu
Busca quinta, 24 de junho de 2021

Parceria garante desconto aos produtores para Confinar 2012

Parceria garante desconto aos produtores para Confinar 2012

18 abril 2012 - 16h28
Divulgação (TP)

Mato Grosso do Sul vai sediar mais um grande evento na pecuária. Trata-se do Confinar 2012 que acontece nos dias 8 e 9 de junho, em Campo Grande (MS). Com uma parceria firmada entre a Federação de Agricultura e Pecuária de MS (Famasul) e a Rural Centro, os produtores sindicalizados nos Sindicatos Rurais de Mato Grosso do Sul contam com um desconto para participar do encontro.


“O confinamento contribui para que Mato Grosso do Sul tenha hoje um dos rebanhos de maior qualidade do país. Um evento dessa natureza atualiza informações e fortalece este modo de produção, resultando no crescimento da pecuária do Estado", avalia o presidente da Famasul, Eduardo Riedel. O desconto para produtores rurais sindicalizados é de 10% sobre o valor da inscrição.


Em Mato Grosso do Sul, incentivos fiscais do governo estadual, com dedução de até 67% no Imposto sobre Circulação de Serviços e Mercadorias (ICMS) para abate de novilhos precoces tem colocado o confinamento como alternativa mais rentável na pecuária. Somente em 2011, foram 414,3 mil de novilhos precoces abatidos, 29% a mais que o ano de 2010.


O Confirnar 2012, realizado pela Rural Centro e Beef Tec, tem apoio de Associação Nacional dos Confinadores (Assocon), Associação Sul-mato-grossense dos Produtores de Novilho Precoce Novilho de MS, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo (Seprotur), Famasul, Sociedade Rural Brasileira (SRB), Sindicato Rural de Campo Grande, Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, Anhanguera Uniderp, UCDB e Conselho Regional de Medicina Veterinária e Zootecnia de Mato Grosso do Sul (CRMV MS).

Inscrições no www.confinar.net


Programação


Sexta-feira, dia 8 de junho de 2012

8h: Abertura

8h30: Competitividade e sustentabilidade da pecuária brasileira - Sérgio de Zen, Engenheiro Agrônomo, Mestre e Professor Doutor em Economia Aplicada da Esalq/USP e responsável pelas pesquisas de carnes e leite do Cepea.

9h15: O mercado e o boi: para onde devemos olhar? - Rogério Goulart, Administrador de Empresas pela PUC-SP, Pecuarista e Editor da Carta Pecuária.

10h15: O desempenho no confinamento visto desde o desmame: uma abordagem sistêmica - - Gustavo Rezende Siqueira, Zootecnista pela UFLA, Doutor em Zootecnia pela UNESP/Jaboticabal e Pesquisador da APTA Regional - Alta Mogiana.

11h: Legislação ambiental aplicada ao confinamento e o novo código florestal - Josimar França da Silva, Engenheiro Agrônomo e Consultor Ambiental da Toposat Engenharia.

14h: Planejando a estrutura de um confinamento dentro da realidade brasileira - Ânderson Vargas, Zootecnista com Mestrado em Nutrição e Melhoramento Animal pela UNESP/Botucatu e Gerente Técnico do JBS Confinamento Brasil.

14h45: Planejamento nutricional e análise técnico-econômica no confinamento - Paulo Araripe, sócio-consultor da Projepec e Consultor de Clientes Bellman.

15h45: Terceirização da engorda em confinamento: estratégias e viabilidade - Walter Patrizi, Médico Veterinário pela UFMS, mestre em nutrição de ruminantes pela UFMG e Gerente de Confinamento do Grupo Prodap.

16h30: A importância e os avanços da nutrição protéica em confinamento (tema) - Simon Timmermans, Médico Veterinário e mestre em nutrição de ruminantes pela Washington State University.

Sábado, dia 9 de junho de 2012

8h: Gerenciamento da informação e avaliação dos resultados do confinamento - Rodrigo Spengler, médico veterinário especialista em nutrição de ruminantes e consultor em negócios pecuários, titular da Beef Tec.

8h45: A saúde animal e sua importância no desempenho de bois confinados - Lupércio de Antônio Junior, Médico Veterinário pela UEL, Especialista em Reprodução Bovina e Gerente de Clientes Especiais da Pfizer Saúde Animal.

9h45: Manejo alimentar em confinamento: conceitos atuais - Rafael Cervieri, zootecnista com doutorado em nutrição e produção animal pela Unesp/Botucatu e consultor da Nutribeef Consultoria.

10h30: Bactérias como probióticos em confinamentos: a experiência dos EUA - Renato Schmidt, engenheiro agrônomo pela UFV/MG, mestre em qualidade e produtividade animal pela FZEA/USP, PhD em Zootecnia pela University of Delaware (EUA) e gerente técnico e supervisor da área de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos da Lallemand Animal Nutrition/América do Norte.

11h15: Confinamento sem volumoso: uma nova tecnologia - Gustavo Devides Nogueira de Oliveira, Engenheiro Agrônomo, Especialista em Nutrição de Ruminantes e Pastagens e Gerente de Produtos de Ruminantes da Socil/Evialis.

14h: Tomada de decisão na escolha de volumosos para confinamento - Luiz Gustavo Nussio, Engenheiro Agrônomo, Mestre pela Esalq/USP, Pós-Doutor em Nutrição Animal e Conservação de Forrageiras pela Universidade do Arizona/EUA e Professor do Departamento de Zootecnia da Esalq/USP.

14h45: Os hábitos dos confinamentos eficazes: uma abordagem sobre nutrição e manejo - - Pedro Terêncio, Médico Veterinário pela FMVZ/USP, Especialista em Nutrição Animal pela ESALQ/USP e Gerente Técnico de Ruminantes da Phibro Animal Health.

15h45: Confinamento x sustentabilidade: verdades e mitos - Tiago Zanett Albertini, Médico Veterinário pela UFMS, Mestre e Doutor em Ciência Animal e Pastagens pela ESALQ/USP, Pós-Doutorando e Pesquisador da Embrapa Gado de Corte.

16h30: Benefícios do confinamento para a qualidade da carne bovina - Eduardo Krisztán Pedroso, Zootecnista pela FZEA-USP.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
Parlamentares devem votar sete propostas na sessão desta quinta-feira
BELA VISTA
Polícia Militar cumpre Mandado de prisão durante policiamento
ECONOMIA
Empresários têm até o dia 30 para renegociar débitos do Fadefe com desconto de até 100% nas multas
DOURADOS
Mais de 160 quilos de drogas foram apreendidos pelo DOF em uma residência