Menu
Busca segunda, 14 de junho de 2021

Quase um terço de lotes da reforma agrária em MS é irregular

27 novembro 2011 - 10h02Por CG News
Começou ontem a campanha do Incra para coibir a venda irregular de lotes em assentamentos rurais. O maior número de irregulares está na região Centro Oeste, segundo levantamento do Incra que foi realizado entre maio e agosto. Os dados processados nos últimos dois meses.

Em Mato Grosso do Sul o levantamento da situação ocupacional abrangeu 11.186 lotes de 69 assentamentos, sendo constatado que 8.102 (72,43%) beneficiários residem ou exploram seus lotes de forma regular. O trabalho de vistoria apontou irregularidades em 3.084 lotes (27,5%), quase um terço.

No Estado, a vistoria foi realizada entre os meses de maio e julho deste ano em 16 municípios: Amambaí, Anaurilândia, Angélica, Glória de Dourados, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã, Juti, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Paranhos, Ponta Porã, Rio Brilhante, Tacuru e Taquarussu. De acordo com o Incra, desde 2003, em todo País, 128 mil lotes foram retomados por ocupação irregular.

Entre janeiro a outubro deste ano, o Incra vistoriou 21.287 lotes situados em 13 estados e no Distrito Federal. Até julho. De janeiro de 2001 a julho deste ano, 103.543 beneficiários foram excluídos da reforma agrária, sendo 36.592 exclusões motivadas por negociações ilegais da terra nua ou das benfeitorias.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
No interior do país, acesso à vacina de covid-19 mobiliza quilombolas
AGRICULTURA FAMILIAR
"Não coma menos, coma melhor": através da Agraer, alunos de Angélica recebem alimentos do PNAE
CAMPO GRANDE
Homem é encontrado morto com três ferimentos de tiros
Crime ocorreu na noite deste sábado
ESPORTES
Após idas e vindas, Copa América começa neste domingo, no Brasil