Menu
Busca quarta, 23 de junho de 2021

Rapaz é morto por tiro acidental disparado por PM durante festa

Rapaz é morto por tiro acidental disparado por PM durante festa

08 maio 2012 - 09h02Por CG News
Um rapaz de 24 anos foi morto por um tiro acidental durante uma festa ocorrida na madrugada de sábado, em uma casa na rua Bom Sucesso, no Bairro Marcos Roberto, em Campo Grande. Juan Barros Barbosa, 24 anos, foi atingido no abdômen e chegou ser encaminhado para a Santa Casa, onde morreu.

De acordo com a Polícia, o tiro foi disparado pelo policial militar Alexander Stein, 24 anos. Ele já prestou depoimento e foi liberado. O PM foi indiciado por homicídio culposo e lesão corporal culposa.

Um vizinho, que pediu para não se identificar, disse que ouviu um disparo por volta das 1h20 e ao sair para ver o que havia acontecido, flagrou uma caminhonete preta deixando o local em alta velocidade. Segunda ele, era uma festa de família, não tinha algazarra.

Segundo ele, o policial estava “brincando” com a pistola ponto 40, de uso exclusivo da Polícia, quando a arma disparou e acertou a vítima.

Após o ocorrido, segundo o vizinho, ninguém apareceu na casa. Na varanda da frente tem várias latinhas de cervejas e cadeiras amontoadas, indicando que no local foi realizada uma festa. Em um das janelas consta uma placa de vende-se.

“Não é uma família de bagunça. De escutar música alta. Eles são tranquilos”, relatou outra vizinha, que também pediu para não ser identificada. O sepultamento de Juan Barros será realizado em Corguinho, onde ele mora.

O Comando Geral da Polícia Militar divulgou um comunicado sobre o ocorrido. Conforme a nota, a PM lamenta o incidente que resultou no disparo acidental de arma de fogo de um policial militar no último sábado (5) vindo a ferir gravemente uma terceira pessoa que no dia seguinte (6), não resistindo ao ferimento, veio a óbito.

O Comando informa que determinou a instauração imediata de um inquérito policial militar para averiguar as circunstâncias do fato. O policial foi ouvido na delegacia de polícia no mesmo dia da ocorrência e liberado após suas declarações. Ele foi afastado de suas funções e encaminhado para avaliação psicossocial da Instituição.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul já vacinou 51,8% da população adulta contra Covid-19
BATAGUASSU
Polícia Civil realiza orientações e verificações preventivas em parceria com PRF
CORONAVÍRUS
Sistema de Regulação aponta que de 10 internados em UTI em Campo Grande, 8 são do próprio município
COSTA RICA
Polícia Civil prende em flagrante traficante de drogas pela quarta vez em menos de 2 anos