quinta, 29 de fevereiro de 2024

Renda extra: brasileiros aumentariam poupança e viajariam mais

08 maio 2012 - 10h47
Por InfoMoney


O que você faria se a sua renda dobrasse? Pesquisa divulgada pelo Data Popular,na ultima segunda-feira (07), mostra que 80% dos brasileiros pouparia a renda extra, enquanto 42% afirmam que viajariam mais.

Quando são consideradas respostas das pessoas que compõe a nova classe média brasileira, o número de poupadores sobe para 83,2%, e cai para os viajantes, 39,5%.

No entanto, fazer um curso para se aprimorar ganha maior importância para a classe média (40,5%) do que para brasileiros em geral (40%).

Outros destinos

Outro destinos são citados para a renda extra. Comprar roupas e calçados é o que pretende fazer 32% dos brasileiros, enquanto 26,3% gastariam com móveis e eletrodomésticos. Comprar mais livros, ir ao cinema e comprar mais presente é a opção de 26,2%, 18,9% e 18,8% dos entrevistados.

Nas cinco últimas posições, aparecem como destino para o dinheiro extra a ida a academia (16%), a assinatura de TV a cabo (13,5%), ir mais ao salão de beleza (12,9%), comer mais fora de casa (11,4%) e usar mais o celular (6,8%).

Já entre os cidadãos da nova classe média, as últimas posições ficam com ida a academia (18,8%), compra de presentes (16,4%), ida ao salão de beleza (16,3%), comer fora de casa (12%) e usar mais o celular (7,4%).

Poupança

No mês passado a caderneta de poupança fechou abril captação líquida de R$ 1,977 bilhão, como resultado de R$ 96,198 bilhões em depósitos e R$ 94,220 bilhões em retiradas.

Segundo dados do Banco central, poupança mostrou captação líquida em 11 dos 20 dias úteis do mês.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS

Projeto garante a participação de mães e grávidas em concursos de beleza

POLÍTICA E ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Projeto prevê abatimento no Fies para graduados em Direito que atuarem em Defensorias Públicas

ECONOMIA

Campos Neto defende estabilidade monetária para combater a pobreza

SAÚDE

Sessão solene na Câmara marca o Dia Mundial das Doenças Raras