Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021

Título Interno

11 outubro 2011 - 23h43
Redação (TP)

O Brasil mostrou um futebol horrível, sem criatividade e com falta de conjunto, mas no segundo tempo aconteceu a superação do time, mas individualmente,mesmo jogando com um jogador a menos e conquistou uma grande virada diante do México em Torreón.

Depois de sair em desvantagem na etapa inicial com gol contra de David Luiz, a seleção brasileira empatou com Ronaldinho em cobrança de falta e chegou à virada com Marcelo, após jogada individual.

Os mexicanos tiveram poucas oportunidades na etapa final, e em uma delas Jefferson fez importante defesa após cabeçada do Chicharito Hernández.

Os jogadores comemoraram bastante o resultado, já que a seleção vem recebendo muitas críticas pelas atuações irregulares.

Aos 48 minutos do segundo tempo, no final dos acréscimos, o técnico Mano Menezes, que sempre demora muito pra mexer no time tira Ronaldinho, que sai aplaudido pelos mexicanos, e coloca o ex-São paulino Hernanes, que apenas entrou em campo e ouviu o apito final do árbitro, que por sinal foi um desastre a parte com os seus erros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GUIA LOPES DA LAGUNA
PMA prendem e autuam infrator por pescar utilizando petrecho ilegal, onde a pesca é proibida
OUTUBRO ROSA
Com foco na prevenção, Conselho leva mulheres com deficiência para realizar exames
OPERAÇÃO PROLEPSE
PMA autua 128 infratores, aplica 33 milhões em multas e realiza orientação em 740 propriedades
POLÍTICA
Projeto destina 10% de vagas no Sine para mulher vítima de violência