Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021

Sócrates volta a ser internado na UTI com sangramento e seu estado é grave

06 setembro 2011 - 07h45
Sócrates volta a ser internado na UTI com sangramento e seu estado é grave

Uol

O ex-jogador Sócrates foi internado novamente em São Paulo na manhã desta segunda-feira. O motivo, segundo informou a mulher Kátia Bagnarelli, é um novo sangramento. Esta é a segunda crise de cirrose hepática que o ex-jogador sofrre nos últimos dez dias. Sócrates está na UTI do hospital Albert Einstein em estado grave.

A mulher dele está muito abatida, mas conseguiu falar rapidamente com a reportagem. Ela afirmou que os médicos estão tentando estancar o sangramento - que seria na região do esôfago. Katia pediu, também, orações para o ex-jogador. Segundo ela, o problema foi parecido com o que o levou para o hospital há duas semanas. Os médicos responsáveis estão trabalhando para estabilizar o quadro do ex-jogador. "Ele está reagindo bem, a hemorragia foi interrompida, mas precisamos de muitas orações", disse a mulher.

O hospital Albert Einstein ainda não emitiu nenhum boletim sobre o caso. Segundo um dos responsáveis, ouvidos pelo UOL Esporte, uma atualização do quadro do ex-meia do Corinthians só deve ser feita na manhã de terça-feira. Um dos amigos do ex-jogador que esteve no hospital na segunda à noite afirmou que os médicos esperam uma recuperação maior para poder operar.

Assim que deixou o hospital na mais recente internação, no dia 27 de agosto, Sócrates confirmou que havia sofrido uma crise de cirrose hepática e que “estava pronto para uma nova vida”. O ex-jogador confirmou também que a cirrose hepática era provocada por alcoolismo. “Estou pronto para me curar, tive uma chance de renascer e vou conseguir”.

Na primeira vez em que esteve internado no Einstein, Sócrates permaneceu na UTI durante uma semana. Os médicos instalaram uma espécie de cateter para estancar a hemorragia entre o pescoço e o fígado.

Médicos consultados durante a primeira internação falaram sobre a possibilidade e a necessidade de transplantes de fígado para casos agudos de cirrose hepática, majoritariamente causada por hepatite B e C. Devido ao alcoolismo, Sócrates, caso lhe seja recomendado o transplante de fígado, deverá passar seis meses de abstinência alcoólica antes de entrar na fila.

"A lei de transplantes é ótima. Não vou furar a fila, se precisar de transplante", disse o ex-jogador há dez dias. "Vou cumprir o que tiver que cumprir.".

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS