Menu
Busca terça, 22 de setembro de 2020
CAMPANHA SETEMBRO 15 á 30/09/2020
NOTÍCIAS

Curso capacita policiais militares sobre atendimento a mulheres vítimas de violência

13 agosto 2020 - 16h00Por TJMS

Teve início na manhã desta quinta-feira (13) o curso on-line “Violência contra a mulher: desafios e possibilidades no atendimento”. Direcionada a policiais militares, a capacitação é fruto da parceria da Coordenadoria da Mulher do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul com o Comando-Geral da Polícia Militar de MS e da Subsecretaria de Políticas Públicas do Governo do Estado.

A abertura do encontro se deu com os cumprimentos da Subsecretária de Políticas Públicas para Mulheres, Luciana Azambuja Roca, a qual frisou que o curso integra as ações da campanha “Agosto Lilás”, instituída por meio da Lei Estadual nº 4.969/2016, com objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha, sensibilizar e conscientizar a sociedade sobre o necessário fim da violência contra a mulher, divulgar os serviços especializados da rede de atendimento à mulher em situação de violência e os mecanismos de denúncia existentes.

Logo em seguida, a palavra foi passada para a juíza Helena Alice Machado Coelho, coordenadora estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar. “Quando nós sabemos que a segunda maior causa de ligações para o 190 é violência doméstica; que são em média 34 chamadas por dia, o que dá 1.020 ligações por mês ao CIOPS; que 40% das denúncias em Campo Grande, em um universo de todos os tipos de crimes, é violência doméstica, nós temo que parar, estudar e entender o que está acontecendo. Estamos vivendo uma pandemia de violência doméstica junto com a pandemia da Covid-19”, ressaltou a magistrada.

Também participaram da abertura do evento o Comandante Geral da PMMS, Marcos Paulo Gimenez, o professor e delegado aposentado da Sejusp, André Matsushita Gonçalves, representando o Secretário de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, além de outras autoridades e integrantes do curso.

Com objetivo de aprimorar os serviços oferecidos pelos órgãos de segurança pública, qualificando e humanizando o atendimento às mulheres em situação de violência, o curso será 100% online e acontecerá até amanhã (14), das 8 às 10 horas, via plataforma Google Meet.

Por meio dos assuntos tratados, visa-se, igualmente, identificar aspectos importantes da violência de gênero e sua conceituação, dos estereótipos de gênero, da escalada da violência e do ciclo da violência contra a mulher nas relações íntimas de afeto para, assim, conhecer os tipos de violência conforme a Lei 11340/06 – Maria da Penha, e como essas violências se manifestam nas relações afetivas e conjugais. De posse dessas informações é possível promover a discussão sobre o sofrimento psíquico da mulher em situação de violência doméstica e compreender as especificidades do atendimento a essa mulher e suas interseccionalidades, sempre esclarecendo os aspectos jurídicos da violência doméstica e familiar contra a mulher mais relevantes para a prática policial.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUSTIÇA
STF mantém obrigação de locadoras terem cota de veículos adaptados
Norma era questionada pela Confederação Nacional dos Transportes
NOTÍCIAS
Criança sob guarda deve receber mesmo tratamento que filho em plano de saúde
MEIO AMBIENTE
Números de multas e de focos de queimadas no MS já superam 2019
POLÍTICA
Brasil é vítima de desinformação sobre meio ambiente, diz Bolsonaro