Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021

Em MS, mulher pula janela de casa e corre até delegacia para escapar de socos do marido

27 setembro 2013 - 00h00
Para fugir dos socos e chutes do marido, uma mulher de 34 anos teve que pular a janela da própria casa e sair correndo para a delegacia. O caso aconteceu durante a noite desta quarta-feira (25) na rua Castro Alves, bairro Nova Miranda, no município de Miranda, distante 203 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o relato da vítima no boletim policial, ela e o suspeito de 38 anos convivem juntos a cerca de cinco e que na noite desta quarta-feira, por volta das 22h o homem começou a beber pinga e ficar violento.

Ela afirma que o homem começou a discutir por ciúmes, e já estava alterado por conta da bebida. Em um determinado momento o homem deu um soco no rosto da vítima, que a fez cair, com isso começaram as agressões com socos e chutes enquanto a mulher estava no chão.

As agressões só foram interrompidas quando a mãe do suspeito entrou no recinto. Nesse momento a vítima aproveitou para escapar pulando a janela da casa.

Enquanto a mulher fugia o acusado ainda gritou “Sua vagabunda, vai lá na delegacia vai, vai lá que depois eu te mato, sua vagabunda, não tenho medo de polícia não”.

A mulher foi à delegacia do município e o boletim de ocorrência foi registrado como lesão corporal dolosa com o agravante de violência domestica.

-Midiamax

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Deputados derrubam vetos a lei que suspende os despejos na pandemia
MINUTO CIDADANIA
Campanha de Enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes
CORONAVÍRUS
Setembro apresenta queda de 56% nas internações por covid em relação a agosto
ECONOMIA
Dívida Pública sobe 1,57% em agosto e aproxima-se de R$ 5,5 tri