Menu
Busca quinta, 13 de maio de 2021

Justiça Eleitoral cassa registro de candidatura de prefeita eleita em Juti

18 dezembro 2012 - 00h00Por CGNews
A prefeita eleita em Juti, Isabel Cristina Rodrigues (DEM), conhecida como Bel, teve o registro de candidatura cassado pela acusação de compra de votos nas eleições do mês de outubro deste ano. Atualmente, Bel é vice-prefeita do município e secretária de Educação.

Como ela venceu por mais de 50% dos votos, se a cassação for mantida, a cidade pode ter nova votação, segundo a regra da Justiça Eleitoral. Essa situação já se configurou em Sidrolândia. Como a decisão é de primeira instância, ainda cabe recurso no TRE (Tribunal Regional Eleitoral) e ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Isabel Cristina Rodrigues, da coligação “Juntos por uma Juti Cada vez Melhor” venceu a peemedebista Elizângela Martins Biazotti dos Santos, conhecida como Laka, da coligação “Todos por Juti”, com 54,29% dos votos, contra 45,71% da opositora.

De acordo com o Cartório Eleitoral da 28ª Zona, em Caarapó, a publicação com a cassação sairá nesta terça-feira (18) no Diário Oficial da Justiça Eleitoral. Com a determinação, Bel não poderá ser diplomada.

O Campo Grande News não conseguiu contato com a candidata para comentar a decisão. Na Prefeitura, ela não foi localizada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Bolsas do Prouni: prazo para entrega de documentos termina hoje
MS
Mesmo com pandemia, mercado de veículos usados é aquecido e alegação de venda cresce 16% no Estado
LEI
Faturas poderão divulgar mensagem sobre doação de sangue
PONTA PORÃ
PM prende homem com MP em aberto