Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021

Morales vai pedir boicote de países da Alba à Assembleia Geral da ONU

20 setembro 2013 - 00h00
O presidente da Bolívia, Evo Morales, vai propor aos presidentes dos países que integram a Aliança Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba) que não participem da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) depois de o governo norte-americano ter impedido a passagem do avião do presidente venezuelano, Nicolás Maduro, no espaço aéreo de Porto Rico.

Em entrevista, depois de tomar conhecimento da recusa norte-americana à passagem do avião presidencial venezuelano, que se desloca à China, pelo espaço aéreo de Porto Rico, Morales defendeu que os países que integram a Alba não participem da reunião da ONU, prevista para a próxima semana em Nova Iorque.

O presidente da Bolívia quer também que a Comunidade dos Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) se reúna de emergência, para propor uma agenda de trabalho que exija aos embaixadores norte-americanos o regresso imediato ao seu país.

Evo Morales manifestou solidariedade a Nicolás Maduro e “a todo o povo venezuelano” e acusou o governo de Barack Obama de violar, com a sua decisão, quatro tratados internacionais e os direitos de toda a América Latina.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DESENVOLVIMENTO
Primeiro do País a identificar potenciais hidrelétricos, MS é case de sucesso na busca por oferta de
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar apreende adolescente que transportava mais de 20 quilos de maconha
AGRO
Campanha quer conscientizar para produção de alimentos seguros e seus benefícios
POLÍTICA
Diretor da Precisa diz não ter participado de negociação da Covaxin