Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Polícia Civil dá dicas de segurança para residências no período das férias

Polícia Civil dá dicas de segurança para residências no período das férias

05 janeiro 2013 - 00h00Por Notícias MS
A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio da Polícia Civil, orienta com dicas de segurança os moradores que vão viajar nas férias. A dica é adotar alguns cuidados para evitar roubos nas residências.

Conforme a Polícia Civil, antes de viajar a família deve avisar vizinhos de confiança sobre o período que vai permanecer longe de casa, deixando um telefone de contato para casos de emergência. Caso notem algo estranho os vizinhos devem entrar em contato com a polícia e terão como avisar o morador onde ele estiver.

Outra dica é não deixar acumular correspondência na frente da residência: cartas, jornais, revistas. Se possível pedir para alguém recolher ou suspender a entrega de jornais e revistas durante o período de ausência. Mesmo cuidado também com cadeados que não devem ser mantidos do lado de fora do portão. Isto pode ser indicativo de que houve a saída dos moradores.

A Polícia Civil também orienta os moradores a deixar desligada a campainha, pois isso deixará em dúvidas quem tocá-la apenas para verificar se há alguém na casa. Em situações onde a família vai viajar de avião, a dica é deixar o carro na garagem.

Durante viagens prolongadas os moradores não devem deixar uma luz acessa, pois se durante a noite ela é útil, de dia é indicativa da ausência de pessoas na residência. Instalação de “timers” para que acendam as luzes internas e externas na residência no período noturno.

Antes de viajar é preciso verificar antecipadamente sobre os pontos mais fáceis de acesso à residência e bloqueá-los. Conforme a Polícia Civil, o ideal seria um sistema de cercas eletrônicas bloqueando toda a periferia do imóvel e outro sistema de monitoramente que, mesmo desligado, inibiria a entrada de ladrões. A melhor dica para a proteção da residência contra ladrões é fazê-la parecer habitada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular