Menu
Busca terça, 26 de outubro de 2021
Sanesul - Ranking Valor Econômico
PONTA PORÃ

No Dia do Turismo, prefeitura destaca ações e encaminhamentos para o fomento do setor no município

28 setembro 2021 - 08h15Por SDICT

Neste dia 27/09/2021, onde é comemorado o “Dia Internacional do Turismo”, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Regional, Indústria, Comércio e Turismo de Ponta Porã (SDICT) vem por meio desta nota, informar toda população de algumas das ações e encaminhamentos realizados ao longo deste ano para setor do turismo em Ponta Porã.

Cabe ressaltar, que a SDICT, atual Secretaria responsável pelo setor de turismo no município foi criada em janeiro deste ano, possuindo pouco mais de nove meses de atuação. Apesar disso, é possível destacar importantes movimentações para o setor.

É de conhecimento geral, que em razão da Pandemia da COVID 19, o Turismo foi um dos setores mais afetados no mundo. As medidas restritivas, como isolamento social, fechamento de fronteiras e suspensão de eventos em todo mundo, impactou diretamente toda a indústria do turismo no mundo, não sendo diferente em nossa fronteira.

Apesar disso, a SDICT entendendo que o Turismo é uma atividade econômica essencial para nossa região, capaz de dinamizar diferentes setores, gerar emprego e renda para a população, além de despertar nosso senso de pertencimento local, buscou desde o inicio de sua atuação, levantar e organizar dados e informações do segmento a fim de desenvolver politicas públicas assertivas e eficientes para o município.

Em outras palavras, se não foi possível desenvolver eventos e atividades presenciais, por conta da pandemia, a SDICT envidou todos os seus esforços para diagnosticar as demandas e organizar a partir de levantamentos técnicos um projeto de retomada do setor, que busque destacar o verdadeiro protagonismo que Ponta Porã possui frente ao estado de Mato Grosso de Sul.

Sobre isto, é importante destacar a visão estratégica da SDICT para o setor. Atualmente, Ponta Porã é o terceiro município do estado com maior fluxo turístico em temporada. Isto ocorre, sobretudo, em razão do “turismo de compras”, principal atrativo turístico da região. Além disto, em recente levantamento realizado pela equipe técnica da SDICT junto à rede hoteleira do município, foi possível destacar também a importância do “turismo de negócios” para a região, sobretudo aquelas atividades relacionadas ao agronegócio.

Conforme o levantamento, o turismo de negócios foi o principal responsável pela ocupação hoteleira durante a pandemia, mantendo uma ocupação média de 30% da capacidade, sendo fundamental para o não fechamento principalmente dos hotéis de pequeno e médio porte do município. Desta maneira, ficou evidente também a importância do “turismo de negócios” para o setor turístico local, e por esta razão, a necessidade de ações que fortaleçam ainda mais este segmento.

Em síntese, pode-se dizer que nossa região possui o que no turismo, é o mais difícil de conquistar, um bom “fluxo turístico”. Porém, este fluxo deve ser aproveitado de uma melhor forma, fazendo com o que o tempo de permanência do turista na cidade aumente, e com isso fortaleça toda a cadeia produtiva da região, aumentando a renda e o número de postos de trabalho, fomentando o crescimento econômico e desenvolvimento humano social.

Sendo assim, vale destacar que para atingir estes objetivos, é fundamental que o poder público tenha uma atuação em conjunto com a iniciativa privada, criando um ambiente institucional seguro para a oferta de novos produtos e atrativos turísticos. Nesta direção, uma alternativa real e eficiente apontada, é o fomento do “turismo histórico-cultural”, sobretudo em razão de nossa cultura única e diferenciada, repleta de fatores históricos singulares. Além disso, a região apresenta potenciais atrativos no segmento de ecoturismo, turismo de aventura e turismo rural.

Destacados alguns aspectos iniciais do setor, é importante ressaltar que o Plano de Ação para a Retomada do Setor Turístico, possui cinco eixos estratégicos, que buscam entre outros objetivos, diversificar e qualificar o produto turístico local, a partir da integração dos agentes do setor, sendo estes:

PROGRAMA 01 – Sistema Inteligente de Informação do Turismo na Fronteira.

PROGRAMA 02 – Ampliação e qualificação da oferta turística.

PROGRAMA 03 – Imagem e marca do turismo na fronteira PP/PJC.

PROGRAMA 04 – Sensibilização e Educação para o turismo de para hospitalidade.

PROGRAMA 05 – Institucionalização da gestão do turismo em Ponta Porã.

Desta forma, cada ação e direcionamento já realizado, correspondem a um dos programas acima citados. Sendo estas:

LEVANTAMENTO DE DADOS E INFORMAÇÕES

Desde o início de suas atividades a SDICT, vem priorizando o levantamento e gestão de informações turísticas locais. Além de já ter realizado uma série de levantamentos como; a) o impacto da pandemia na rede hoteleira e b) a caracterização da infraestrutura existente, também está sendo organizado em parceria com a FUNDTUR e UEMS o “Inventário de oferta turística”, que busca apontar o conjunto dos recursos e atrativos turísticos da região, compreendendo recursos naturais, histórico-culturais, equipamentos esportivos e de recreações, centros comerciais entre outros.

Ressalta-se ainda que todas essas informações vem sendo sistematicamente organizadas e incluídas nas plataformas da FUNDTUR e Ministério do Turismo, de maneira a ampliar a pontuação do município no Mapa do Turismo, essencial para a captação de recursos para o fomento do setor.

PONTA AGROTEC

Diante do protagonismo que Ponta Porã possui no setor do agronegócio, sendo o terceiro maior produtor de soja do estado, e o primeiro em expansão de área cultivada (SEMAGRO, 2021), bem como da importância do turismo executivo apresentado a partir do levantamento técnico realizado pela SDIC, o evento Ponta Agrotec vem suprir a necessidade de um grande evento para o setor. Em parceria com a iniciativa privada, o evento conta com o apoio do Sindicato Rural e da Prefeitura Municipal, através da SDICT, e busca se consolidar como um dos maiores eventos do agronegócio nacional. O evento será realizado no Majestic Hall, em maio de 2022.

MUSEU INTERNACIONAL DA FRONTEIRA E CENTRO DE ATENDIMENTO AO TURISTA

O Museu Internacional da Fronteira, já é uma realidade próxima. Submetido em 30/05/2021 através da proposta n. 20096/2021 (MTur), o museu foi um projeto da SDICT e será construído na linha internacional, juntamente com a construção do Parque Linear Internacional. Para sua construção foram destinados aproximadamente 1 milhão de reais através de emenda parlamentar do Senador Nelsinho Trad (PSD). O museu será uma referência internacional para a região, e abordará importantes temas históricos e culturais como “Ciclo dos Ervais” e a “Guerra do Paraguai”. Além disso, o museu abrigará um espaço para o CAT- Centro de Atendimento ao Turista, uma antiga reivindicação do setor. 

CURSOS DE CAPACITAÇÃO

A SDICT solicitou para a FUNDTUR, ainda no primeiro semestre de 2021, a realização de cursos de capacitação para o setor, sobretudo cursos que auxiliem na recepção e hospitalidade com os nossos turistas. Por conta da Pandemia, os cursos não puderam ser realizados na ocasião, tendo previsão de serem ofertados até o final deste ano de 2021. Os cursos se destinam a Guarda Municipal, Policia Militar e recepcionistas de hotéis.

ROTEIRO TURÍSTICO BINACIONAL

O objetivo é integrar Ponta Porã e Pedro Juan Caballero num roteiro que contemple atrativos em ambos os lados da fronteira, realizando um “City Tour” entre as cidades, com visitas a locais simbólicos e históricos como: 11 RC Mec, Estação Ferroviária em Ponta Porã, Castelinho, Câmara Municipal, Laguna Porã, Cuias e Marcos ao longo da fronteira, Cerro Corá, Museu da Erva Mate, Museu da Municipalidad de PJC, Casa Museu entre outras possíveis atrativos com potencial para visitação. Para isto, a SDICT conta com a parceria da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS), no sentido de organizar o roteiro baseado em diversos estudos já realizados, bem como o apoio técnico na orientação das visitas.

FORTALECIMENTO DE PARCERIAS

A SDICT tem buscado fortalecer as parcerias entre entes públicos e privados para que as ações ocorram de maneira integrada, otimizando tanto recursos financeiros, quanto recursos humanos. Dentre as parcerias já realizadas podemos citar; UEMS (Apoio Técnico no Inventário Turístico), Camara de Comércio de PJC, ACEPP e PARLIN (Criação do Roteiro Binacional), UFGD (Corredor Cientifico Cultural e Tecnológico), IFMS (Levantamento e Coleta de Informações/estágios).

REATIVAÇÃO DO CONSELHO MUNICIPAL DE TURISMO

A SDICT tem organizado a reativação do Conselho Municipal de Turismo, como forma de ampliar a participação dos variados segmentos que compõe o trade. Após uma série de tratativas, a reativação do conselho está prevista ainda para o mês de outubro de 2021. O conselho municipal ativo é essencial para a melhoria da nota de classificação turística do município junto ao Ministério do Turismo.

PARTICIPAÇÃO NAS INSTÂNCIAS DE GOVERNANÇA

A SDICT, através de sua equipe técnica tem participado e contribuído para o fortalecimento da instância de governança, Agência do SEBRAE – Fronteiras de Inovação, o que também eleva a pontuação do município frente ao Mapa de Turismo brasileiro, dando maiores condições da captação de recursos para o setor. 

TURISMO NO PPA

Diante da necessidade de expandir a atuação do setor do turismo no município, a SDICT buscou incluir no Plano Plurianual 22/25 uma maior dotação orçamentária. A intenção é dar independência e força ao setor, com um orçamento que seja possível ampliar as equipes de trabalho, bem como atuar de maneira contínua e sistemática para o fomento do turismo no município. 

ATIVAÇÃO DOS VOOS COMERCIAIS

A SDICT buscou dar total apoio a INFRAERO nas mais variadas demandas, para que fosse possível o retorno dos voos comerciais em Ponta Porã, entendendo que o retorno destes no município, fomentam o turismo, aquecem a economia, e viabilizam novas alternativas de negócios para toda a região.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministério da Saúde já está desabilitando leitos de terapia intensiva
SAÚDE
Mais de 18 milhões de brasileiros que já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid
ECONOMIA
Arrecadação federal cresce 12,9% e bate recorde em setembro
CAMPO GRANDE
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão contra autor de Homicídio Tentado