Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
Lançamento Village do Bosque
ESTADO

Procon/MS pede aprovação do Projeto de Lei que combaterá o superindividamento

30 junho 2020 - 12h30Por Portal do MS

Com objetivo de  viabilizar a vida econômica de um grande número de consumidores que se encontram em situação bastante vulnerável devido o endividamento causado por perda de renda, desemprego ou problema de saúde causados pelo cenário da pandemia da Covid-19, Procon /MS, órgão  vinculado à Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho – Sedhast,  tomou a inciativa de indicar a bancada federal de Mato Grosso do Sul para que ajude a  colocar para votação em regime de urgência o Projeto de Lei  (PL) 3515/15 e consiga a sua aprovação.

O esforço que vem sendo realizado ocorre pelo fato de que, transformado em Lei, o projeto se apresentará como remédio eficaz sobre os efeitos da pandemia  da Covid 19 so setor econômico. Para o consumidor de boa fé, superendividado,  a transformação em Lei se constituirá numa saída para a situação uma vez que a partir daí poderá ser  elaborado um plano de pagamento das  dívidas, facilitado pela negociação coletiva com todos os credores com a  determinação de condições mínimas para sobrevivência.

A conclusão a que se chegou é que a renda pessoal e familiar dos consumidores vem sendo comprometida em proporções prejudiciais à suas condições básicas de sobrevivência, muitas vezes em função de terem recorrido a contratações de crédito de forma desesperada e sem nenhum planejamento e, não raro, devido a pressão por ofertas abusivas de instituições financeiras. A transformação do projeto em Lei virá combater o calote e o  mau pagador e, consequentemente, prestigiar o consumidor de boa fé.

No Procon MS, um elevado número de consumidores superendividados tem procurado negociar  seus compromissos. Entretanto a inexistência de um marco legal que adote ferramentas que viabilizam a negociação em bloco, ou seja, reunindo todos os credores em uma mesa de negociação ao mesmo tempo, dificulta a adoção de medidas que dêem  condições ao consumidor quite suas dívidas e volte a viver dignamente.

Estruturação

Na tentativa de minimizar os efeitos da falta de possibilidades de negociação, o que poderia ocorrer coma  aprovação do PL, o Procon Estadual está procurando estruturar um Núcleo de Negociação para o Consumo (Nucon) para, assim, poder dar tratamento diferenciado àqueles que se enquadrem como superendividados podendo desencadear ações concretas no sentido de prevenir e promover a educação do consumidor no momento de tomada de decisões. 

O superintendente do Procon Estadual, Marcelo Salomão, considera que “será de grande  importância a aprovação da PL 3515,  uma vez que se transformará em instrumento para a recuperação da capacidade de consumo dos brasileiros.  A perspectiva é que ocorra o reaquecimento da economia de forma a economizar o dinheiro público, visando a construção de  mercado de crédito mais saudável tanto durante quanto após a pandemia”. Para melhor sensibilização não só da nossa bancada,  Marcelo Salomão sugere que os consumidores divulguem, por todos os meios a necessidade de votação e aprovação do Projeto de Lei.

Cerca de 60 milhões de brasileiros se enquadram na classificação de superendividamento.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Estudo diz que CoronaVac eleva resposta em pacientes imunossuprimidos
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
POLÍTICA
CPI: Marcelo Blanco diz que negociava vacinas para setor privado
EDUCAÇÃO
Processo seletivo da UEMS 2022 terá vagas para vestibular, Sisu e Enem