Menu
Busca sexta, 22 de outubro de 2021

O motorista Jaime Arguello Dávalos foi morto quando saia de casa em Pedro Juan

O motorista Jaime Arguello Dávalos foi morto quando saia de casa em Pedro Juan

03 fevereiro 2012 - 08h15
Mercosulnews

O motorista Jaime Arguello Dávalos, de 32 anos, foi executado com vários tiros nesta quinta-feira (2), por volta das 14h30min, quando saía de casa, na Rua Brasil, próximo à Rua Perpétuo Socorro, no bairro Guarani, em Pedro Juan Caballero (Paraguai). A vítima se preparava para subir no automóvel Suzuki/Grand Vitara, cor cinza, placas BEL-246 (Paraguai), que estava estacionado na frente da residência, quando foi surpreendida por dois elementos que chegaram numa motocicleta.

Ao todo os pistoleiros fizeram 13 disparos de pistola calibre 9 milímetros contra Jaime Dávalos, que ainda tentou fugir de seus algozes, mas acabou derrubado e morto a balaços. O fiscal (promotor de Justiça) Justiniano Cardozo, acompanhado do médico forense (legista) Dr. César Villagras e de policiais da Seção de Criminalística, Homicídio e Investigação de Delitos realizaram os levantamentos no local.

Por determinação do representante do Ministério Público, o corpo foi recolhido e levado para a morgue (necrotério) do hospital regional. Para a polícia, os indícios são de que o crime esteja relacionado a um ajuste de contas entre narcotraficantes que atuam na região de fronteira.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Presidente diz que valor de auxílio foi decidido com responsabilidade
DIREITOS HUMANOS
Morte violenta atinge 6,97 mil crianças e adolescentes por ano no país
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita a SES estudos para implantação de mutirão de vacinação contra COVID-19
POLÍTICA
CCJ da Câmara aprova suspensão de validade de concursos na pandemia