terça, 27 de fevereiro de 2024

Defensor acredita que guarda de menina agredida sai até sexta

Defensor acredita que guarda de menina agredida sai até sexta

18 abril 2012 - 15h00
G1


A guarda provisória da menina de 9 anos que foi agredida pelo pai pode ser definida até o fim da semana, segundo o defensor público Igor César Linjardi, que representa a avó da criança. O pedido foi protocolado nessa quarta-feira (18), mas a guarda também será disputada pela mãe biológica, que mora em Jardim, a 239 km de Campo Grande e ainda vai entrar com recurso.

A menina está com os avós paternos desde que o pai, o auxiliar de pedreiro de 29 anos, foi preso por lesão corporal dolosa. A detenção aconteceu depois que a Polícia Civil teve acesso a um vídeo, em que a garota aparece apanhando do pai, em flagrante ocorrido na sexta-feira (13). O pai foi preso e ontem à noite foi beneficiado com habeas-corpus. O homem está impedido de fazer contato ou se aproximar da menina. Ontem, por meio do advogado, ele disse estar arrependido do que fez.

Linjardi disse ao G1 acredita que a guarda deve ser definida até sexta-feira. “Assim que a juíza receber o pedido da defensoria provavelmente será concedida a guarda provisória para os avós” explica.

Enquanto isso em Jardim, a 239 km de Campo Grande, a defensora pública, representante da mãe da menina, ainda não entrou com pedido de guarda. Em entrevista ao G1 na manhã desta quarta-feira (18), Andréia Pereira Nardom Braga explicou que depende de documentos que estão na Vara da Infância e Juventude em Campo Grande.

Andréia diz que o processo de decisão da guarda é delicado e demorado. “A juíza fará um estudo social da vida da mãe, além de uma avaliação psicológica com a criança, antes de definir quem terá a guarda. Talvez a menina queira ficar com a avó, com quem tem mais contato. Ela ficou sem ver a mãe por sete anos” finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

País tem quase 20 mil novos diagnósticos de câncer de pênis em 9 anos

CONSUMIDOR

Projeto proíbe comprar imóveis, carros e obras de arte com dinheiro vivo

SAÚDE

Brasil já registra metade dos casos de dengue contabilizados em 2023

GESTÃO PÚBLICA

Titular da pasta de parcerias estratégicas de MS recebe prêmio nacional de infraestrutura na B3