Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
CARBONERA - JULHO, AGOSTO E SETEMBRO
CRIME AMBIENTAL

PMA autua paulistano por degradação de nascentes para construção de açude para dessedentação do gado

16 julho 2021 - 13h45Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais de Aquidauana receberam denúncia anônima ontem (15), de que um proprietário rural teria degradado uma área de nascente d’água e havia construído irregularmente um açude para dessedentação do gado na área protegida por Lei, no município de Anastácio a 10 km da cidade. Os Policiais Ambientais foram à propriedade e constataram a veracidade da denúncia.

Além da construção irregular do açude, o agravamento do problema se deu pelo pisoteamento da nascente e seu curso pelo gado. Quaisquer atividades só podem ocorrer a, pelo menos, 50 metros de qualquer nascente, conforme previsão em Lei, que protege essas áreas como de Preservação Permanente (APP). As atividades foram interditadas e o proprietário rural foi notificado a retirar o gado e a recuperar a área degradada.

O dono da fazenda (41), residente em São Paulo (SP), foi autuado administrativamente e multado em R$ 30.000,00. Ele também responderá por crime ambiental e poderá pegar uma pena de detenção de um a três anos.

Pisoteio do gado degradando a área da nascente, além do açude.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Comissão especial da PEC dos Precatórios será instalada hoje na Câmara
POLÍCIA
Homem é preso por receptação de veículo furtado em SP e trazido para o MS
BONITO
Presidente da Sanesul recebe Prêmio Piraputanga das mãos do ministro do Turismo
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita a Sejusp a retomada dos serviços emissão de RG em Água Clara