Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
Dia da árvore - Setembro 2021
REGIÃO

PMA autua pecuarista por degradação de matas ciliares de córrego e reserva legal

09 abril 2021 - 16h00Por PM-MS

Depois de receber denúncias de degradação de áreas protegidas de um córrego e de reserva legal em uma propriedade rural no município de Selvíria, Policiais Militares Ambientais de Três Lagoas autuaram hoje (9) um pecuarista, por degradações ambientais em áreas de matas ciliares e de reserva legal de sua fazenda.

Durante a vistoria foram confirmadas as degradações em áreas de matas ciliares de um córrego (Área de Preservação Permanente), que corta a fazenda pertencente ao autuado, bem como a área protegida de reserva legal. Verificou-se a falta de cuidados com a conservação do solo no local e o gado acessava livremente à vegetação das áreas protegidas do curso d’água e da reserva e o pisoteio estava causando degradações no solo, erosões do tipo ravinas, contribuindo com o assoreamento do córrego.

Segundo o funcionário, o proprietário rural havia ordenado a abertura da porteira para que o gado pastasse nas áreas de proteção. O fazendeiro foi notificado a retirar o gado das áreas protegidas. O pecuarista (93), residente em Três Lagoas, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 5.000,00. O autuado também poderá responder por crime ambiental de degradação de área de preservação permanente (APP). A pena é de um a três anos de detenção.

Processos erosivos de ravinas na reserva legal.

Gado na reserva legal e que acessava o curso d'água.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORPO DE BOMBEIROS
Mais 100 bombeiros são enviados para combate aos incêndios no Pantanal
DEFESA DO CONSUMIDOR
Procon-MS divulga nova pesquisa de variação de preços dos produtos da Cesta Básica
POLÍTICA
Instalada comissão da Câmara que vai analisar PEC dos precatórios
SAÚDE
Governador volta a reforçar a importância de todos se vacinarem