Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021

Quatro pessoas são presas, 2 armas de fogo, 15 veículos e mais 655 mil reais conjunta em Deodápolis e Nova Alvorada do Sul.

Quatro pessoas são presas, 2 armas de fogo, 15 veículos e mais 655 mil reais conjunta em Deodápolis e Nova Alvorada do Sul.

18 dezembro 2012 - 15h25
Divulgação (TP)

Numa operação conjunta das Policias Civil e Militar de Nova
Alvorada do Sul, Fátima do Sul e Deodápolis, bem como do DOF e DEFRON,
foram presas quatro pessoas em cumprimento a mandados de prisão
expedidos pela comarca de Nova Alvorada do Sul, tendo em vista o
envolvimento dos autores em um crime de homicídio praticado no
Assentamento Pana.

A quadrilha agia nos municípios de Deodápolis,
Angélica, Nova Alvorada do Sul, Ivinhema e Dourados, com ramificações
em Itaquiraí, Mundo Novo e cidades do interior de São Paulo e Paraná,
que fazem divisa com o Estado do MS.



Foi preso por por policiais do DOF e DEFRON em sua residência
localizada no distrito de Lagoa Bonita, Deodápolis/MS, M.F.P, vulgo
“NECO”, 42 anos, apontado como chefe da quadrilha, além de vários
veículos (uma caminhonete Ford F 250, uma Toyota Hilux, uma Mitsubishi
L200, um veículo Vw Polo, uma moto Honda CBR 900 cilindradas, uma
Honda Biz e uma Yamaha XL), foram aprendidos mais de 655 (seiscentos e
cinqüenta e cinco) mil reais, (em espécie, lâminas de cheques
pré-datados e notas promissórias), que seriam provenientes de várias
fontes ilegais (agiotagem, pistolagem, cobranças de dívidas, dentre
outras).

Na mesma ocasião, Policiais do DOF e Força Tática do 16º BPM
de Fátima do Sul realizavam a prisão de U.J.S de 28 anos, também no
Distrito de Lagoa Bonita, que teria participação em um homicídio
ocorrido no Município de Nova Alvorada do Sul, e é apontado como um
dos capangas de “NECO”.

Simultaneamente, Policiais Civis e Militares
de Nova Alvorada do Sul realizavam buscas e apreensões na Agrovila
Pana, e Assentamento São João, sendo realizada a prisão de J.A.M de 39
anos, irmão de “NECO”, sendo que na casa do mesmo foram encontradas
duas armas de fogo (revólver cal.38) e A.P.M, vulgo “CABORÉ”, de 37
anos, além da apreensão de nove veículos com irregularidades.

Os
quatro presos respondem pelo crime de homicídio, formação de quadrilha
e ocultação de cadáver, e se encontram presos a disposição da Justiça.
Estima-se que ao todo foram apreendidos entre dinheiro e bens mais de
um milhão de reais em poder da quadrilha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Banco Central abre consultas para saques e trocos via Pix
SAÚDE
Campanha de vacinação contra gripe termina 1ª fase com 8% imunizados
MAUS-TRATOS
PMA de Bonito autua em R$ 2 mil homem de 24 anos que carregou e matou cachorro do irmão por vingança
CORONAVÍRUS
À Comissão da Covid-19 do Senado, Reinaldo Azambuja reforça importância de mais vacinas