segunda, 22 de julho de 2024
Fronteira

Suposto integrante do PCC é morto a tiros na fronteira

23 novembro 2015 - 07h15
Da redação

Um homem brasileiro, identificado como Gerson Barbosa Pache, 56 anos, considerado um dos líderes do grupo criminoso Primeiro Comando da Capital (PCC) morto a tiros dentro de um açougue em Bella Vista Norte.

De acordo com o site da Rádio Amambay570, o crime aconteceu às 19h30 deste sábado (21), no Barrio Bella Vista Norte, onde residia a vítima.

A vítima estava sentada fora de sua loja tomando tereré, quando dois desconhecidos em uma motocicleta se aproximaram, o passageiro desceu com a arma na mão e disparou tiros contra a vítima, que correu para a sala, mas foi perseguido pelo atirador que disparou outros tiros contra a vítima. Depois de consumar o fato os assassinos fugiram.

Quando a polícia chegou ao local, encontrou a vítima deitada no chão, já sem vida.


Barbosa Pache foi considerada suposto líder de uma das células da organização criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) em Amambay, em outubro passado, ele foi preso junto com um colega após incursões simultâneas realizadas por funcionários do Departamento de Narcóticos A polícia da cidade do norte de Bella Vista, Amambay. O suspeito supostamente estava encarregado de fornecer drogas e armas nas favelas de São Paulo, usado duas residências localizadas perto da fronteira para gerenciar suas operações na região.

A vítima usava documento falso no Paraguai, pois tinha vários envolvimentos e condenações por tráfico de drogas no Brasil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Início de operação da fábrica de Ribas do Rio Pardo consolida MS como vale da celulose

ECONOMIA

Mercado voluntário de carbono no Brasil recua em 2023

Dados são do Observatório de Bioeconomia da FGV

BRASIL

Conab recebe mais R$ 115 milhões para apoio à comercialização da agricultura familiar

DIREITOS HUMANOS

Cimi: políticas públicas ainda não frearam violência contra indígenas

Relatório cita fortalecimento e retomada de ações de fiscalização