Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021
Prefeitura Municipal de Dourados - Nota Dourados - Setembro 2021
ORDEM DO DIA

Aprovado PL que prevê maior rigor na aprovação de relatório ambiental

17 junho 2021 - 12h00Por ALEMS

O Projeto 62/2021, de autoria do deputado Lidio Lopes (PATRI), que dispõe sobre as exigências para acreditação dos laboratórios, que realizam medições ambientais, pela Coordenação Geral de Acreditação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), foi aprovado, em primeira discussão, pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), na manhã desta quinta-feira (17). A ideia da proposta é tornar mais rigorosas a fiscalização de indústrias que descartam resíduos poluidores e a avaliação de relatórios ambientais.

Acreditação é o processo por meio do qual a competência técnica de uma empresa é atestada por um órgão competente, como é o caso do Inmetro. Para fins de medições ambientais, o projeto considera válidos os relatórios de ensaios emitidos por laboratórios que comprovem acreditação, para os ensaios e amostragem nos termos da ABNT NBR ISO/IEC 17025, junto à Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro ou por outro organismo internacional que faça parte de acordos de reconhecimento mútuo.

A exigência de acreditação, segundo o parlamentar, impossibilitará deturpação, através da compra de resultados para a renovação de licenças ambientais de operação das indústrias e empreendimento poluidores, que não têm o compromisso com a preservação e conservação ambiental.

Primeira discussão

Outras duas proposições também foram aprovadas em primeira discussão. De autoria do deputado Jamilson Name (Sem Partido), o Projeto de Lei 108/2021 institui a Campanha de Conscientização e Incentivo à doação de cabelos Corte Solidário, destinados a pessoas com alopecia induzida por quimioterapia. A ação deverá ser realizada na semana de 27 de novembro, Dia Nacional do Combate ao Câncer, com o objetivo de coletar mechas de cabelo para a confecção de perucas.

O Projeto de Lei 124/2021, do Poder Judiciário, atribui ao Tribunal de Justiça a competência para regulamentar a gratificação de incentivo aos instrutores da Escola Judicial de Mato Grosso do Sul (Ejud-MS), e confere critérios para o custeio do treinamento e aperfeiçoamento de pessoal, adotando critérios da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrado (Enfam) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Discussão única

Duas matérias foram aprovadas em discussão única. O Projeto de Lei 118/2021, do deputado Lidio, denomina Subtenente Elzio Farias o prédio da Polícia Civil do município de Iguatemi.

E o Projeto de Resolução 28/2021, da Mesa Diretora, aprova a indicação do nome de Matias Gonzales Soares para o cargo de diretor de Regulação e Fiscalização - Área Transportes, Rodovia e Portos da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan).

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Mato Grosso do Sul recebe mais 71.760 doses de vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira
DESENVOLVIMENTO
Primeiro do País a identificar potenciais hidrelétricos, MS é case de sucesso na busca por oferta de
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar apreende adolescente que transportava mais de 20 quilos de maconha
AGRO
Campanha quer conscientizar para produção de alimentos seguros e seus benefícios