Menu
Busca sexta, 24 de setembro de 2021
Prefeitura Municipal de Dourados - Nota Dourados - Setembro 2021
LEGISLATIVO

Disponibilização de extrato de conta de pré-pago pelas operadoras passa pela CCJR

17 março 2021 - 11h15Por ALEMS

Em reunião virtual na manhã desta quarta-feira (17), a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) aprovou parecer favorável ao Projeto de Lei 233/2020, do deputado Barbosinha (DEM), que obriga as operadoras de telefonia móvel e fixa que atuam no Estado de Mato Grosso do Sul a disponibilizarem, em seus portais na internet, extrato detalhado de conta das chamadas telefônicas e serviços utilizados na modalidade de recarga de crédito por pagamento antecipado, também conhecida como plano pré-pago.

De acordo com a proposta, os extratos das chamadas telefônicas e serviços utilizados na modalidade pré-pago deverão apresentar as seguintes informações: data, hora e duração da ligação, o número chamado, a relação de mensagens enviadas e recebidas, respectivos custos e impostos incidentes.

Confira as demais matérias relatadas pelos deputados Gerson Claro (PP), Barbosinha, Eduardo Rocha (MDB), Professor Rinaldo (PSDB) e Evander Vendramini (PP).

Pareceres favoráveis

De autoria da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), os Projetos de Decreto Legislativo 12/2021 e 14/2021, prorrogam, até 30 de junho de 2021, a ocorrência do estado de calamidade pública nos municípios de Nova Alvorada do Sul e Três Lagoas, respectivamente.

O Projeto de Lei 212/2020, do deputado Capitão Contar (PSL), visa ampliar a efetividade do direito à informação dos cidadãos sul-mato-grossenses, com alterações e acréscimos à Lei Estadual 4.416, de 16 de outubro de 2013, que disciplinou os procedimentos a serem adotados para assegurar o direito fundamental ao acesso da informação no Estado.

A proposta prevê gestão transparente da informação, propiciando amplo acesso a ela e sua divulgação, independentemente de solicitações, além de proteção das informações sigilosas e pessoais, por meio de critérios técnicos e objetivos, o menos restritivo possível, e observância da publicidade como preceito geral e do sigilo como exceção.

Emenda Substitutiva Integral ao Projeto de Lei 88/2020, de autoria dos deputados Cabo Almi e Pedro Kemp, ambos do PT, considera atividades essenciais as ações de atendimento à população vulnerável, executadas pelo poder público ou por entidades sem fins lucrativos, regularmente constituídas, indispensáveis ao atendimento e proteção social, não podendo ser interrompidas em situações de calamidades públicas e de emergências.

O Projeto de Lei 9/2021, da deputada Mara Caseiro (PSDB), denomina Rodovia Deputado Estadual Onevan de Matos o trecho da estrada MS-290, que liga o município de Naviraí até o entroncamento da MS-180.

Emenda Modificativa ao Projeto de Lei 216/2020 estende o prazo para o governo apresentar Projeto de Lei Complementar dispondo sobre regras e incentivos para fins de migração ao Regime de Previdência Complementar até o 1º dia útil do mês de junho de 2021.

Do deputado Marcio Fernandes (MDB),o Projeto de Lei 35/2021 cria o Dia Estadual do Protetor dos Animais, a ser comemorado, anualmente, em 17 de janeiro.

O Projeto de Lei 33/2021 autoriza o Poder Executivo a doar, sem encargo, ao município de Aquidauana, um armazém com 2440 m2 de área construída, de propriedade do Estado, edificado em gleba de terras.

Pareceres contrários

A CCJR emitiu parecer contrário ao  Projeto de Lei 235/2020, apresentado pelo deputado Antônio Vaz (Republicanos), que dispõe sobre a capacitação escolar de crianças e adolescentes para identificação e prevenção de situações de violência intrafamiliar e abuso sexual, uma vez que possuem leis que versam sobre o tema.  

De acordo com o parecer da CCJR, o Projeto de Lei 37/2021, de autoria do deputado Lucas de Lima (Solidariedade), que trata da obrigatoriedade das escolas, no ato da matrícula, disponibilizar à mulher, mãe ou responsável legal do aluno, material informativo sobre violência doméstica, invade competência do Poder Executivo.

Ação Penal

A CCJR também apreciou o requerimento para sustação da Ação Penal 0950780-08.2020.8.12.0001, apresentada pelo presidente do Partido Progressista (PP), deputado Evander Vendramini.  Considerando que o recebimento da denúncia contra o deputado Jamilson Name (Sem partido), em tese, tem o condão de interferir direta ou indiretamente sobre o exercício do mandato parlamentar, a comissão emitiu parecer favorável e a matéria será apreciada pelo plenário.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
ANS: cai ocupação de leitos de UTI para atendimento à covid-19
CRIME AMBIENTAL
PMA autua infrator em R$ 2,4 mil por criação ilegal de javalis
CONCURSO PÚBLICO
SAD divulga resultado preliminar de processo seletivo da Ageprev
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita implantação de sistema de irrigação no estádio municipal de Nioaque