Menu
Busca sexta, 23 de abril de 2021
TOYOTA YARIS R$ 599,00 DOURAMOTORS - ABRIL 2021
MS

Projeto prevê política pública de combate ao sexismo institucional

04 março 2021 - 13h15Por ALEMS

O Projeto de Lei 42/2021, de autoria do deputado Marcio Fernandes (MDB) dispõe sobre a implantação de diretrizes para a política pública “Sexismo Institucional: Não! de conscientização e combate ao sexismo institucional, e dá providências correlatas. A matéria segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) da Casa de Leis.

A política tem o objetivo de realizar a plena conscientização acerca da equidade de gênero no ambiente de trabalho como fator de redução da desigualdade, visando especialmente incentivar as empresas na contratação e valorização da mulher no mercado de trabalho, buscando a igualdade de gênero no quadro de pessoal.

Também prevê o estímulo do combate ao assédio moral e sexual no ambiente corporativo, a promoção da igualdade salarial de gêneros, contribuindo para a redução de desigualdades, com o objetivo de valorizar a mulher, além do incentivo para que as empresas possam aderir ao programa federal Empresa Cidadã instituído pela Lei Federal 11.770/2008. Saiba mais sobre a proposta que prevê instituição da política “Sexismo Institucional: Não!”, clicando aqui.

O autor da proposta acredita que é preciso garantir autonomia econômica para as mulheres. “Romper com as diferenças de remuneração, é um bom começo. Além da desigualdade salarial e de oportunidade institucional, existe a problemática do assédio moral e sexual no ambiente de trabalho. As desigualdades se espalham na sociedade como um todo, é preciso acabar com isso”, frisou o deputado Marcio Fernandes.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS
Camionete que seguia para Campo Grande com mais de uma tonelada de maconha foi recuperada pelo DOF
ECONOMIA
Micro e pequenas empresas podem pagar Simples com Pix
MEIO AMBIENTE
PMA realiza orientação em 61 propriedades rurais em prevenção aos incêndios
ECONOMIA
Prazo para contestar auxílio emergencial negado no dia 10 acaba hoje