Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021

Com salários de até R$ 10 mil Prefeitura abre inscrições para concurso em MS

15 janeiro 2015 - 08h45Por Correio do Estado
A Prefeitura de Ribas do Rio Pardo abre nesta quinta-feira (15) as inscrições para concurso público com 225 vagas e salários que variam de R$ 809,78 a R$ 10.655. A informação consta em edital publicado na edição desta quarta-feira (14) do Diário Oficial dos Municípios, que pode ser acessado através do endereço eletrônico www.assomasul.org.br.

Os interessados devem acessar o site www.fapec.org/concurso. O período para inscrição termina no dia 9 de fevereiro e os valores são de R$ 35, para quem é alfabetizado ou cursou somente o ensino fundamental, de R$ 65 para quem tem o Ensino Médio, e de R$ 120 para quem tem Ensino Superior. As provas estão marcadas para o dia 1º de março de 2015, em Ribas do Rio Pardo. O local e a hora ainda não foram anunciados.

Para quem é alfabetizado, ou estudou somente até o Ensino Fundamental, as vagas são de auxiliar de serviços gerais, cozinheira, cozinheira da zona rural, borracheiro e lubrificador. Para os que se inscreverem na categoria de primeiro Ensino Médio, são: recepcionista, educador social, oficial de manutenção, tratorista, mecânico, motorista e motorista de ambulância.

Os que tem Ensino Médio poderão ocupar as vagas para auxiliar de consultório dentário, técnico agrícola, técnico em segurança do trabalho, técnico em imobilização ortopédica, técnico em enfermagem e técnico em radiologia, agente de fiscalização, educador social I, eletricista de baixa e alta tensão, inspetor de alunos, mecânico especialista em motores, operador de motoniveladora, operador de retroescavadeira, operador de pá-carregadeira, agente de administração e mecânico eletricista de veículos.

As vagas para quem tem Ensino Superior são: advogado, arquiteto, assistente social, educador social II, enfermeiro 40 horas, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, farmacêutico, farmacêutico bioquímico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, médico clínico geral 20 horas, médico clínico geral 40 horas, médico ESF 40 horas, médico ortopedista 20 horas, médico pediatra 20 horas, médico plantonista, médico veterinário 20 horas, nutricionista, odontólogo 40 horas e psicólogo, professor nível II (0 a três anos e 11 meses), professor nível II (de quatro cinco anos), professor L.E.M. Inglês, professor de Artes, professor de Educação Física e de matemática.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de março superou as melhores expectativas, diz Guedes
COTAÇÃO
Dólar fecha em leve alta após mudanças no Orçamento
POLÍTICA
Câmara: plantio de maconha para fins medicinais tem parecer favorável
REGIÃO
Polícia Militar no Distrito do Boqueirão apreende 1,5kg de maconha