quinta, 18 de julho de 2024

Funcionários são liberados de hospital depois de vazamento de amônia em laticínio

11 dezembro 2015 - 10h45Por Correio do Estado
Os funcionários do laticínio onde ocorreu vazamento de amônia, na manhã desta quinta-feira (10) em Bataguassu (MS), receberam atendimento médico e foram liberados. Em princípio, a informação era de que 100 pessoas haviam sido levadas para o hospital, mas no fim da tarde o número foi atualizado para 43, nenhuma em estado grave.

Do total de funcionários socorridos, 22 foram atendidos pelo Corpo de Bombeiros. Os outros foram levados ao hospital municipal em carros particulares. Ao todo, cinco militares, além do comandante da operação trabalharam no atendimento às vítimas, usando uma unidade de resgate e um caminhão de combate a incêndio.

A médica que atendeu os pacientes informou que eles tiveram apenas irritação nos olhos e na garganta.

O CASO

Vazamento de substância identificada até o momento como amônia ocorreu na manhã desta quinta-feira (10) em laticínio de Bataguassu.

Vários funcionários foram socorridos pelos bombeiros com princípio de intoxicação. Outros deixaram a fábrica e acompanharam a ação dos militares do lado de fora.

O laticínio Vale do Pardo fica na MS-395, na saída da cidade para Santa Rita do Pardo. Segundo o Corpo de Bombeiros, o vazamento aconteceu por volta das 10h30.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CONSUMIDOR

Projeto proíbe plataformas de streaming de limitar acesso apenas à residência do usuário

MEIO AMBIENTE E ENERGIA

Projeto de lei inclui plantio de árvores, jardins e hortas entre as medidas socioeducativas

GERAL

Comissão do governo vai definir regras para transporte aéreo de pets

AGROPECUÁRIA

Proposta define regras para rotulagem da carne bovina