12/07/2017 10h59

Vereadores aprovam dezenas de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias

 

Ermeson Machado

 
Vereadores de Ponta Porã debateram, votaram e aprovaram projeto e emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias encerrando primeiro semestre legislativo. Foto: Divulgação Vereadores de Ponta Porã debateram, votaram e aprovaram projeto e emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias encerrando primeiro semestre legislativo. Foto: Divulgação

Os vereadores e vereadoras de Ponta Porã encerraram os trabalhos em plenário no primeiro semestre do ano numa sessão marcada pela apresentação de mais de uma dezena de indicações solicitando melhorias em bairros e distritos e ainda votando e aprovando 42 emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias.

A sessão, realizada na tarde desta terça-feira, 11 de julho, foi marcada pelos debates em torno da busca de melhorias para setores que geram mais reclamações e pedidos dos moradores como infraestrutura, saúde, educação e assistência social.

As emendas elaboradas individual e coletivamente contemplam os mais diversos setores. São propostas dos parlamentares para que o Município tenha recursos para investir na melhoria e ampliação de escolas, saneamento básico, funcionalismo público, unidades e programas de saúde e na infraestrutura dos bairros, distritos e áreas rurais.

"São emendas que demonstram o alto nível do trabalho e da capacidade dos vereadores e vereadoras de Ponta Porã que, desta forma, estão contribuindo para melhorar e aperfeiçoar a peça orçamentária que será enviada para esta Casa de Leis no final do ano", frisou o presidente da Câmara, vereador Otaviano Cardoso. Os parlamentares aprovaram o projeto de lei da LDO e também todas as 42 emendas apresentadas.

Mamografias

Durante a 22ª sessão ordinária do primeiro semestre deste ano, os vereadores abriram espaço da Tribuna Livre para a enfermeira, Esthefani Uchôa, que presta serviço ao Serviço Social do Comércio (Sesc), que trouxe para Ponta Porã uma unidade móvel para atender gratuitamente as mulheres nos exames de preventivo e mamografia.

A profissional informou que a unidade móvel deve permanecer na cidade até o dia 26 de outubro realizando gratuitamente exames que, na rede particular custam entre R$ 300 e R$ 400. "Nossa unidade móvel possui equipamentos modernos, de última geração, manipulados por profissionais altamente qualificados cuja capacidade é reconhecida nacionalmente. Percorremos todo o estado e, aqui em Ponta porá, estamos há um mês realizando este trabalho que precisa ser divulgado para que todas as mulheres possam se beneficiar", declarou.

O presidente da Câmara de Vereadores, Otaviano Cardoso, ressaltou a importância desta unidade móvel na cidade pois há mais de três anos a rede pública de atenção básica á saúde não oferece mamografias em Ponta Porã.

Anuncie | Contato | Expediente | Política de Privacidade

Este material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído. Copyright 2011 © Conesul News - Todos os direitos reservados. Desenvolvido por: Lobo Tecnologia&Internet