sábado, 13 de julho de 2024

Patrulha Mirim forma turma “Luzia Silva”

18 dezembro 2015 - 07h15Por Assessoria


A Patrulha Mirim de Ponta Porã realiza formatura de uma nova turma neste sábado, dia 19. A solenidade está marcada para ocorrer a partir das 9h na sede da instituição na Vila Áurea. A nova turma de formandos receberá o nome da assistente social “Luzia Silva”, uma das grandes colaboradoras e que morreu neste ano, vítima de um ataque cardíaco fulminante.

A coordenadora da Patrulha Mirim, Adelaide dos Santos, disse que a solenidade de formatura ficará sob o comando do presidente da corporação Kalil Matheus Zaim e que prestará justa homenagem a Luzia Silva, uma pessoa que tinha um grande coração e que sempre foi voluntária para colaborar com o desenvolvimento das atividades da corporação na fronteira.

Com a formatura programada para o próximo sábado, a Patrulha Mirim terá um reforço no seu contingente. “É importante a formação desses novos patrulheiros que a partir de sábado já estarão aptos para exercer suas funções. Já desenvolvemos vários projetos com crianças e adolescentes e queremos no início de 2016 através de parcerias conseguir fazer a reforma da nossa sede própria”, fala a coordenadora. A Patrulha Mirim atende crianças e adolescentes com idade de 10 a 16 anos.

“Estamos preparando um grande mutirão para fazer a reforma em caráter de urgência. Contamos com a parceria de colaboradores e simpatizantes do movimento Cidadão do Bem. Mas para concretizar esse sonho precisamos da colaboração das pessoas com doação de materiais como cimento, telhas de Eternit, janelas, pias, vaso sanitário, tinta, entre outros. Estamos pedindo doações voluntárias tanto de material quanto de mão-de-obra”, destacam.

Segundo eles, o prédio que atualmente abriga a corporação dos patrulheiros mirins está necessitando de reforma, pois hoje não atende as exigências de bom funcionamento como está sugerido pelo Conselho Municipal de Assistência Social. “Através dessa reforma poderemos dar continuidade aos nossos atendimentos e projetos da Patrulha Mirim, caso contrário estaremos correndo o risco de passar mais um ano letivo sem a celebração de convênios que possibilitam a reedificação e reorganização da nossa Patrulha”.

A Patrulha Mirim é uma instituição filantrópica que sobrevive apenas com doações e não recebe nenhum recurso do poder público. “Ao concretizar essa reforma estaremos cumprindo com a exigência do Conselho Municipal de Assistência Social e somente com isso estaremos aptos para conseguir o alvará e a tão almejada inscrição da nossa instituição, podendo dessa forma receber auxílio financeiro e celebrar convênios com as demais instituições como o Fundo Nacional de Assistência Social e Fundo Municipal de Investimento Social. Para 2016 estamos articulando parcerias com as secretarias municipais de Esporte, Juventude e Lazer; Assistência Social; Educação; Meio Ambiente e Fundação de Cultura”.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIREITOS HUMANOS

Ministra considera importante desculpa de técnico sobre fala xenofóbica

Palmeiras entrou em contato com o Ministério dos Povos Indígenas

LEVANTAMENTO

Pedido de autorização de viagem para menores cresce 7% em MS no primeiro semestre de 2024

GERAL

Mega-Sena sorteia neste sábado prêmio acumulado em R$ 15 milhões

DIGITAL

Saúde de MS ganha ferramenta para evitar judicialização de processos